Breve Histórico do Município

Preservar a história de uma localidade, deveria ser obrigação daqueles que a governam, aliás de todos que nela habitam, contudo observa-se no decorrer do tempo um grande descaso e muitas vezes (na maioria) este desprezo custa a perda da identidade da localidade e daqueles que a construíram. De acordo com a edição Rede Municipalista – Expo Nacional dos Municípios, consta que lá pelos fins do século passado aportou nestas paragens o senhor Joaquim Pedro da Silva, que como possuinte abriu a primeira morada desta região, onde constituiu enorme família.

O pequeno lugarejo passou a ser conhecido como São João Batista do Marinheiro e um bom tempo se passou até que os moradores decidissem fazer um “Terço” que aconteceu em 24 de Junho de 1917; vale lembrar que no princípio devido a difícil penetração, o lugarejo era usado como esconderijo por indivíduos foragidos da justiça.

Em 1926, pela lei nº 2179, o povoado foi elevado a categoria de Distrito de Paz, criado no município de Tanabi, comarca de São José do Rio Preto e adotou-se o nome de Vila Monteiro, em homenagem ao Cel. Militão Alves Monteiro que era prefeito de Tanabi, e doador do patrimônio para formação da pequena vila.

Em 30 de Novembro de 1944, Vila Monteiro teve sua denominação alterada para o nome de IGAPIRA, passando a pertencer ao recém criado município de Votuporanga na condição de 2ª zona distrital, isso de acordo com o Decreto nº 14.434. Inverte-se, portanto a situação, já que pelo decreto nº 11.054 de 24/04/1940 era criado o distrito de Votuporanga, constituindo-se 2ª zona distrital de Monteiro.

Trava-se então a luta pela emancipação político-administrativa, formando-se uma comissão composta pelos seguintes senhores: Dr. João Carlos Miranda, Chafic Jorge Sarquis, João Soares, Eduardo Oliveira Portugal, Cassiano José Silva entre outros e depois de muitos tropeços, embaraços e desilusões conquistam a transformação do distrito em município pela lei nº 233 de 24/12/1948, adotando-se o nome de Álvares Florence em homenagem ao ex-presidente da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, Dr. Francisco Álvares Florence tendo sido implantado o município e empossado nosso primeiro prefeito, e nossa primeira câmara Municipal em 10/04/1949.

Fonte: Professor Luiz Carlos Del Álamo